"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

28.10.13

As saudades custam caro

As saudades custam caro.
Custam algumas lágrimas que teimam em cair. O leite derramado por pura displicência. Cremes para esconder as olheiras de noites sem dormir. Falta de paciência com as coisas mais simples. Cansaço na vista de tanto olhar o visor do celular. Músicas que tocam repentinas vezes para lembrar-se do infeliz. Promessas feitas no analista, pra esquecer o sujeito e nunca cumpridas pela necessidade de um medíocre afago na alma. Toneladas de papeis escritos e nunca enviados. Custa o desconforto emocional das lembranças contidas no cheiro que ficou no ar.
Custa a coberta amarrotada. Os dissabores do presente sem a alegria do passado. A palavra engasgada e o sentimento suprimido. Custa o chá de erva cidreira. O antidepressivo. As sonolências da madrugada. Os carneirinhos da insônia. Os sonhos guardados na caixa. O DVD mudo com a cena romântica na tela. A falta de um colo. A história pela metade. Vertigens enjoadas. Gosto denso do nada. As tardes longas demais. Os finais de semana no velho sofá. Telefone mudo, doido pra fazer barulho.
Saudade custa tão caro que é melhor intimá-la a ir embora. E se não fizermos isso, ficaremos pobres, pedintes, babacas, usando apenas o resto da saudade.
 

3 comentários:

Hot Spot disse...

Eu sei que custam...

Beijos e saudades de ti!

Jane disse...

Bom dia Miih!
Alguns dizem que sentir saudades é bom,não concordo,mesmo que seja saudades de momentos bons,é um sentimento que dói demais.
Como sempre, texto e imagens perfeitos.
Lindo dia pra vc.....beijossss

Nádia Santos disse...

Perfeito!
Adorei o novo visual do blog. \bjus