"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

21.5.13

Superei tantas coisas. 
Enfrentei tantos gigantes. 
Gastei tempo pensando, tentando, caindo e levantando. 
Recomecei incontáveis vezes. Sonhei e pouco realizei. Naufraguei em dúvidas.
 Revelei segredos íntimos, sob pena de deixar-me vulnerável. Nada disso foi fichinha. 
Nao tirei de letra, mas fiz um esforço enorme para aceitar o que eu não podia modificar.
 Vivi todos os inicios e sobrevivi aos términos. 
Só não me peça para entender as indiferenças. 
 

3 comentários:

Nádia Santos disse...

Perfeito amiga Michelly! Bjus

=> Gritos da alma
=> Meus contos
=> Só quadras

~^~ Lena Lopez ~^~ disse...

E é assim, a vida é um eterno cair e levantar.
Mas o que seria das glorias se não provássemos das decepções?
Alguém me disse uma vez, que amor e ódio são sentimentos iguais, pois fazem nos importar com alguém e que o pior sentimento do mundo é a indiferença, capaz de machucar, quem nos ama e quem nos odeia!
BJOS
Lena

Sophysticada disse...

Mih!

Lindamente revelada,

bjooo