"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

3.4.13

Quando você mostra seus medos, seus monstros, seu choro, seus fantasmas, as pessoas somem.
Todos gostam do colorido.
Mas pra caminhar comigo, tem que aprender a me enxergar no escuro.
 

6 comentários:

Van-Ivany Fulini Sversuti disse...

Passei para te conhecer e conheci uma pessoa determinada, forte e que sabe o que quer...
Taí, gosto de gente assim, embora eu seja um tanto sensível.
Se puder, venha me conhecer e as minhas poesias sensuais, acho que faz o seu tipo.
Um abraço e muito prazer por conhecê-la.
Ivany

ღ Miichelly ღ disse...

Ivany

Obrigada Ivany.
Prazer é meu em receber tua visita .

Irei com certeza.Obrigada pelo convite.

Abraço e um ótomo dia p ti

Eroticamente (In) Correto disse...

Enxergar no escuro é um dom a poucos ofertado. Não devemos desperdiçar quando a magia se faz presente.


Beijo do In_

ღ Miichelly ღ disse...

In

Eu diria a pouquíssimos.

:)

Beijos meus

Vênµs disse...

ola, eu mudei o nome do meu blog, o link.... o novo é esse: http://deliciasdavenus.blogspot.com.br/

Ângelo Feinhart disse...

As pessoas já fogem de seus próprios medos, Miichelly. Então, se os nossos se mostram, lembram-nas dos delas, e só isso já as apavora. Ou as apavora que, não sabendo lidar com os próprios, como nos ajudarão com os nossos? É, o colorido é mais atrativo para quem ama a superfície. Mas para quem, por amor ou por outra chama equivalente, decide se arriscar em profundidade, enxargar no escuro, pressentir no silêncio, entender no vazio é a coisa mais doce que pode existir!
Seu texto é simplesmente maravilhoso.
Abraço