"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

28.3.13

Seja tu, eu, nós, vós. Qualquer coisa simpática. Seja de qualquer jeito, em qualquer lugar, qualquer tempo. Um amor, um sentimento, uma loucura. Um céu, um oásis, uma pedra no sapato, uma música romântica, uma novela de amor, um furacão de paixão, um estoque de sentimentos, santo, anjo, ou alguma coisa perigosa. Um tudo, um nada, uma fantasia de carnaval ou qualquer coisinha desta, mas não deixe de ser. Não deixe de ter um nome, casa, vaga na garagem, prestações para pagar. Dê nome aos bois e a ninhada também. Identifique suas vontades. Decida suas verdades.
 Resolva entre o café rápido, a pizza semanal ou o almoço de todo dia.
Não se acanhe nem se aborreça. 
Anoiteça com um nome e desde sempre que seja amor.
 

2 comentários:

O Sussurrar do Corpo disse...

um sussurro...

Sophysticada disse...

Q assim seja!

Bjoooo

Boa Páscoa kerida!