"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

15.4.13

E embora muita coisa mude (e é normal que isso aconteça), o meu sentimento por ele e o dele por mim, continuarão aqui. Ali. Dentro. Sendo colo. Sendo Poesia. Afeto. Amor-pitanga. Passe o tempo que for, a estação que for, os sorrisos que forem, o que significamos um para o outro será o sentimento do início. 
O mesmo que nos fez andar de mãos. E coração juntos.

Nenhum comentário: