"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

7.11.12

"Quando tudo se rasga, quem costura sou eu. Dou conta. Se amanhã eu acordar e resolver amar pra caralho, eu amo. Ele, você, outro. Ponto. Que venha a mim todo o amor que houve nessa vida, o tempo inteiro. 'Meu coração vagabundo quer guardar o mundo em mim'."
 

Um comentário:

You and Me disse...

Me fez lembrar o trecho de uma música rs: Vida louca, vida breve
Ja que eu não posso te levar
Quero que você me leve...
É bem assim, ou pelo menos assim é que deveria ser.
Beijos amiga querida :)