"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

9.6.13

"Acordo com a voz safada de Cazuza repetindo em minha orelha fria: - " quem tem um sonho não dança, meu amor"." Caio F.

Mas a gente vai à luta e inventa um novo sonho, 
uma esperança, mesmo recauchutada: vale tudo, 
MENOS CHORAR TEMPO DEMAIS.
 Pois sempre há coisas boas para pensar. 
Algumas se realizam."
 
            

Um comentário:

Apenas eu... disse...

E não dança mesmoo rsrs
Míìh queridonaaaa
Que saudadeeee aparecendo aquieee pra dexar beijosss :)