"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

16.5.13

Não há memória mais terrível do que a pele. 
A cabeça pensa que esquece. 
O coração sente que passou.
Mas a pele arde, invunerável ao tempo


2 comentários:

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Michelly. Exatamente isso é o que acontece.
A memória fica gravada como tatuagem na pele, vemos e não conseguimos esquecer ou dar certo valor e significado.
Tenha um fim de semana de paz!
Beijos na alma!

• Eva Correia disse...

.. Amiga Miih, bloquearam praticamente quase os meus favoritos todos, fiquei esses dias longe ... mas estou de volta pra contemplar outras vez as suas emoções, e outra vez as sensações, estas que nunca podemos esquecer, o toque se faz inconfundivel!!

Beijos com saudades e carinhos