"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

27.2.13

Sempre vejo de forma positiva quando alguém precisa ficar sozinho, repensar os fatos, se reciclar,
se redescobrir em meio aos escombros emocionais.
É preciso sabedoria para fabricar a paz
em momentos de guerra interior para termos a confirmação de que somos feitos de céu, de sonhos
para reencontrarmos nossa essência estrelada.

Nenhum comentário: