"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

5.12.12

Então vá, engula o mundo. Prove venenos, descubra antídotos. 
Quebre a cara, conserte-a. Se espalhe, se junte quando achar que se perdeu de si. 
Chore de felicidade, chore de dor, chore quando quiser. 
Busque o que te falta.

Nenhum comentário: