"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

6.10.12

Somos assim

"Todos nós somos assim, frágeis, em circunstâncias que fogem ao nosso controle. São as tais ressalvas. A maioria delas provocada à força, quando somos revisitados pela mesma velha, humana e implacável sensação de abandono."

2 comentários:

Paulo Sotter disse...

Sei bem do que falas. Isso é como sentir-se no meio do nada, uma sensação de vazio absoluto. Faltam palavras para descrever esse nó na garganta, no peito e na alma. Tristeza, solidão e vazio. Abraço

You and Me disse...

No fundo seria meio que sem graça se fossemos forte o tempo todo. É da vida oq tem que ser. SER FRACO PARA SER FORTE! Bjs :)