"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

4.5.12

O amor merece

Todo amor merece uma noite inteira de sexo.
E que faça frio!
Pois todo amor sabe fazer  do cio de um singelo edredom, um universo.
Que as bocas mal emitam som,
falando tão baixo que se confundam os verbos com os gemidos,
e os adjetivos surjam como sorrisos à francesa, e
ao invés de vírgulas usem-se mordidas nas orelhas
para que assim 
se excitem os ouvidos... 
.
.
.
FILHA DO SOL DO EQUADOR 

Nenhum comentário: