"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

22.2.12

O medo do amor

Quem tem medo do amor , pra se preservar, 
não se permite delirar lindamente....
e perde a parcela mais deliciosa que o amor prometeu....
por medo de amar.

Um comentário:

► JOTA ENE ◄ disse...

Esse obstáculo inesperado [o medo do amor] é o que explica porque são tão poucos os casais felizes.

Beijo(ta)