"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

7.1.12

Ser ou não ser de alguém

(...)Namorar é algo que vai muito além das cobranças. 
É cuidar do outro e ser cuidado por ele, é telefonar só para dizer bom dia, ter uma boa companhia para ir ao cinema de mãos dadas, transar por amor, ter alguém para fazer e receber cafuné, um colo para chorar, uma mão para enxugar lágrimas, enfim, é ter ´alguém para amar´.. Somos livres para optarmos!
E ser livre não é beijar na boca e não ser de ninguém. 
É ter coragem, ser autêntico e se permitir viver um sentimento…

Um comentário:

Anônimo disse...

Como alguém cantava: "ninguém é de ninguém..."


http://my-skin-and-under.blogspot.com/