"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

28.12.11

Gosto

Gosto tanto quando você chega como quem nada quer querendo tudo...
Gosto quando um sorriso ilumina seu rosto ao me ver na espera...
Malícia incontida.
Gosto tanto quando me descubro em você,
Nos seus gestos,pensamentos e palavras...
Gosto tanto quando tece carinhos por meu corpo com a suavidade do toque de quem está apaixonado...
Gosto tanto quando me obriga a decifrar seus
desejos que não permite revelar,
mas eu sinto... E gosto...
Gosto tanto quando me aperta em braços fortes, como se tivesse medo de me perder...
Gosto do hálito quente da sua boca quando devagar procura a minha que se entrega
a doce sensação do seu beijo que entontece...
Entorpece...
Eu me rendo...
Gosto tanto...

Nenhum comentário: