"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

18.11.11

O tempo...

...me ensinou que ignorar os sinais é inútil, que ao contrário, devo treinar meus ouvidos e sentidos para entender cada “não” recebido.
Se o caminho não vale a pena não rejeite fazer um desvio. 
O importante é nada nem ninguém tirar você de sua rota.

Nenhum comentário: