"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

25.2.14

O amor

Eu sou e sempre fui vítima do amor.
Porque amor demais prejudica. 
Porque o amor de menos prejudica. 
Porque o amor é feito bebida:
Tem que tomar a dose certa.


9 comentários:

Marco Rocca disse...

Belos e muito sábios os seus versos... Aplausos!

Gugu Keller disse...

O amor é o por que e o porquê.
GK

Regina disse...

Sei bem o que é isto...É porre a cada entrega, é porre pela intensidade, por querer sorver e absorver o outro e é ressaca (e as vezes das bravas), quando neste mergulhar, a mão é solta e se mergulha sozinho. Poetizei..risos
Escolha linda, que nos faz pensar, refletir, Miih. Beijos, uma quarta de paz para você.

Samuel Balbinot disse...

Bom dia Miih
o amor é o sentimento que certamente deve ser dosado pois o mesmo se não nos deixa no caminho do meio que é entre a razão e emoção só nos fere..
grato pela doce visita.. beijos e até sempre moça querida

ღ Miih...ღ disse...

Cazuza sabia das coisas :D

Obrigada pela visita.

beijos meus

ღ Miih...ღ disse...

Gugu

É isso. Disseste tudo :)

ღ Miih...ღ disse...

Regina

O que seria do amor se não fosse essas entregas tão intensas né.

Poetizou e muito bem rs

Beijos meus um prazer vê - la por aqui

ღ Miih...ღ disse...

Oi Samuel, a gente bem que tenta dosar, porém, algumas muitas vezes é tão complicado.

Eu que agradeço tua visita sempre tão carinhosa.

beijos meus

Nikita disse...

E como saber a dose certa? ;)

Muitas vezes é preferível "encher a cara", do que não provar verdadeiramente o seu sabor, como medo de tomar de mais!


Beijo grande para ti