"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

28.1.13

Talvez eu nunca tenha sentido as coisas assim, tão genuinamente: a raiva, o amor, a alegria, a tristeza, a ansiedade, o afeto… As minhas emoções têm emergido sem qualquer filtro, sem qualquer disfarce. E pela primeira vez eu me permito ficar com elas dando a cada uma a importância que me pedem, porque elas não me governam, são apenas emoções, são a minha transparência...
 

2 comentários:

Luiza Silva disse...

Essas emoções quando vividas nos amadurece e nos faz ter exatamente esse controle sobre elas. Sou assim tbm. Um dia lindo p vc! bjnhs

• Eva Correia disse...

me permito ficar com elas dando a cada uma a importância que me pedem, porque elas não me governam, são apenas emoções, são a minha transparência...
__Encantada com as suas escolhas, as palavras parecem que foram diretas para o meu dia de hoje, sabe amiga Mìíh, eu gosto da sua pedida do dia, do sentimento que levo quando venho aqui te ler, quando escolhe sentimentos e emoções tão particulares, parece que feitos para mim. Retribuindo ao carinho, cumplicidade que temos aqui nesses blogg's que expressam tanto de nós__

Beijos minha Flor!
Tenha semana abençoada