"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

25.1.13

Germinamos naquilo que aceitamos:
Nem toda entrega é certa.
Nem todo NÃO é o fim.
É preciso enfrentar os desafios,
sem que a vida tape nossos olhos.
Foi valorizando minha capacidade,
que entendi a certeza de ser
minha própria e única evolução.

Um comentário:

• Eva Correia disse...

.. Essas escolhas que nos causam "efeitos", eu fico imaginando o que seria de nos se não houvessem "sim". rs

E eu quero... quero muito continuar apreciando as nuances desses dois tão distintos.

Beijos com carinho amiga Mííh!