"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

13.12.12

Seja pra onde for

Preciso ir. Preciso continuar. Seja pra onde for. Até cheguei a algumas conclusões, como por exemplo, gostar de pensar que nenhum sonho, nenhum sofrimento e nenhuma alegria são inéditos. Alguém em algum lugar no mundo viveu isso. Temos um parceiro ou vários. É bonito saber que não somos sozinhos nas ilusões. E gosto mais ainda de saber que das realidades também temos companhia. 
Alguém que já sonhou, alguém que sofreu e também tomou a decisão de ir.
 Pode até ser que, eu indo, esbarre sem querer ou planejar, em alguém que também tomou a decisão de ir. 
É uma possibilidade. 
Sem redemoinhos, é uma possibilidade.

Um comentário:

• Eva Correia disse...

.. Precisar ir, ou escolher ir!? Eis a questão, mas acredito que tudo aquilo que devemos fazer seja em verdade. Não podemos "brincar de pique esconde o tempo todo com alguém", precisamos ser sinceros com nossos sentimentos.
E você pelo visto tem seguido esta linha tenue não é mesmo mocinha linda?!

Que o seu "Ir" seja ao meu jardim! heheh
Amo estar entre seus arrepios e sensações.

Beijos
Lindo dia pra nos
Semana natalina! hohoho