"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

18.12.12

Se eu própria me bastasse, fugiria para sempre. Do teu corpo, das mãos quentes.
Mas sou frágil como um grão de neve. Derreto-me com leves sussurros e a ternura estonteia-me. 
Sofro de constante abstinência de amor."
 

2 comentários:

Vênµs disse...

NOSSA, Q LINDO...É ASSIM MESMO Q ME SINTO EM RELAÇAO A UMA PESSOA....RSRSRS....AH SE EU ME BASTASSE....

BEIJOCANDO VC

Junhiim Macedo disse...

Desculpa, eu não sou muito de fazer Ctrl C + Ctrl V , mais vim aqui para dizer que no meu blog, eu fiz um post muito legal, e acho que você vai gostar. Vou mandar cartinhas para o leitores do meu blog nesse final de ano, é só ir lá. E quem me seguir sigo de volta, só avisar !

Blog: http://junhiimce.blogspot.com.br/