"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

18.9.12

Doer, doeu, mas dessa vez só um pouquinho, até porque ultimamente não tenho lá muita paciência pra desperdiçar vida enchendo barriga de dor. Fico com ela até esgotar. Choro tudo o que tiver pra chorar. Ouço o que quer me dizer. Sinto.
(...)
Caminhamos juntas o tempo necessário para que ela se dissolva e eu prossiga.

Nenhum comentário: