"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

6.8.12

Nunca tenha medo de fazer o que é certo

Nunca, nunca tenha medo de fazer o que é certo, especialmente se o bem-estar de uma pessoa ou animal está em jogo. Punições da sociedade são pequenas comparadas com as feridas que infligimos a nossa alma quando olhamos para o outro lado.

Nenhum comentário: