"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

20.7.12

Quero

Quero voce inteiro, quero voce bem, quero voce aqui, quero voce ai. 
Quero. Assim, sem ressalvas, sem misterios, sem preâmbulos.
Querer por desejar, por ansear. Um querer mais que bem querer. Assim, entre dias. Entre horas.
Quero suas palavras, quero seus pensamentos. Seus momentos. Seu riso. Seu choro. Sua tristeza mais longínqua. Sua felicidade mais recente.
Querer entre desejos, entre promessas, entre cuidados. Entre eu e voce.
Quero uma vida. Quero duas. Quero o deleite de sua companhia. Quero o ensejo criativo de sua inspiração.
Quero tanto e tão urgente. Quero moderar e ser feliz. Quero ponderar e ser entregue.
Quero sua entrega. Quero nossa premissa. Quero ser a poesia desnuda. Quero meu colo em seu colo. Quero meu peito em seu leito.
Quero roupas amassadas, corpos largados, infinito desejo.
Quero o mutuo respeito, a amizade, nossa sinceridade.
Assim, um querer. Que tem nome.

Esse querer chama você.

Um comentário:

Tiago Carolina disse...

http://loveandsexafternoons.blogspot.pt/2012/07/banho.html Leiam o nosso novo texto e deixem a vossa opinião :)