"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

10.5.12

Quero sentir

Quero sensações. 
Sensações que já conheço e sensações inéditas. 
Quero o espanto, quero a surpresa, quero a calma, quero o tormento, quero o tesão. 
Quero sentir a endorfina e o suor percorrendo o meu corpo depois da corrida. 
E depois de dançar muito. E depois do sexo. Quero sentir orgasmos. Orgasmos múltiplos. Que saciem a necessidade física, mas que, acima de tudo, saciem o coração, a fome de amor e de paixão que tenho dentro de mim.
Que eu possa sentir, nos dias frios, o sabor e o calor de uma bebida quente, o sabor e o calor de uma cama macia, o sabor e o calor de um outro corpo. Quero sentir o sabor e o cheiro delicioso de café quente, ao acordar pela manhã nesse mesmo dia frio... e quero beber enquanto ouço o vento lá fora, uivando pra mim, enquanto escorro em pensamentos..

Sentir é o que importa pra mim. Sentir é o que dá "sentido" a minha vida...

Nenhum comentário: