"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

22.5.12

Às vezes, a gente nem precisa mesmo de palavras.

E se não quisermos, não pudermos, não soubermos, com palavras, nos dizer um pouco um para o outro, senta ao meu lado assim mesmo.
Deixa os nossos olhos se encontrarem vez ou outra até nascer aquele sorriso bom...
Senta apenas ao meu lado e deixa o meu silêncio conversar com o seu. 
Às vezes, a gente nem precisa mesmo de palavras. 

 
 "Um beijo no teu sorriso,
por qual eu sou apaixonada " 

Um comentário:

Delano disse...

A música é capaz de reproduzir, em sua forma real, a dor que dilacera a alma e o sorriso que inebria.

(Ludwig van Beethoven)