"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

1.11.11

Pouquíssima gente me desvenda. Mostro só o que quero. 
Não por maldade, mas por proteção.
A gente tem que aprender a se proteger.
Das escolhas dos outros.
E até mesmo das nossas próprias escolhas.

2 comentários:

Eroticamente (In) Correto disse...

Depois de entrar em tua casa, fica impossível não levar teu link junto ou te seguir. Voltarei novamente para beber goles generosos desta tua inspiração.


Beijo do IN_

ღ Míìh..ღ disse...

Delicia ter vc aqui...
Beijos poeta!
:)