"De leve...inocente...determinado...despercebido...distraído. E outra vez os arrepios...outra vez as sensações..."

11.11.11

"Não faz mal se chorar muitas ou algumas vezes. 
Chorar sempre faz chover, penso assim. 
E chover, sempre faz nascer. Ta vendo? No fim tudo volta a ser começo. 
Fica sempre tudo bem, meu bem. 
Sempre. 
Descobrimos com o tempo que as palavras mais comuns são as mais deliciosas de serem ouvidas. 
Às vezes dificílimas de serem ditas. 
Descobrimos com o tempo que afinal pouco é muito.

Nenhum comentário: